Cova Rasa: Lançamento de clipe marcado para 31/10

Alguns anos de estrada, musicos preparados e algumas reformulações e mudanças, agora a Cova Rasa segue firme e se prepara para o lançamento do seu próximo álbum “Cruzando infernos”. Confira a entrevista.

1- Depois do primeiro disco, a banda passou por uma reformulação completa para a realização do próximo disco. Como foi feita esta mudança ?

Jayme Danko: De forma dolorosa (risos). Montar um time é sempre difícil. Fazer esse time “jogar junto” é mais difícil ainda. Foi um processo lento, que exigiu bastante paciência e foco no objetivo. Pode-se dizer que cada membro foi escolhido a dedo.

2- Como foi ter gravado este novo trabalho com Marcello Pompeu e Heros Trench?

Jayme Danko: Eles já eram velhos colegas, mas nunca havíamos trabalhado juntos. Passamos por problemas com o primeiro álbum, durante a mixagem do primeiro disco em outro estúdio, que terminou não ficando do jeito e com o peso nós queríamos. Foi quando acionei o Mr. Som, pois já sabia da qualidade e experiência deles.

Daniel Werneck: Foi uma grata experiência por sentir um tremendo respeito em relação ao material e as características próprias da banda. Além de um melhores sons de batera que já tive a oportunidade de ter em um disco.

3- Sobre o processo de composição das músicas, como funciona?

Jayme Danko: Composição é algo muito particular. Não acredito que exista uma única fórmula, mas tem que se encontrar com aquilo que funciona pra você. Diferentemente do primeiro, tive tempo e calma para compor esse álbum. E todos os membros entenderam bem a proposta na hora dos arranjos.

4- Qual a razão da escolha de compor em português ?

Jayme Danko: A idéia era fazer algo conciso e intelegivel em português, pois sentimos que estava faltando. Na esmagadora maioria, ouvimos elogios por essa opção. Por enquanto a idéia e permanecer assim. Mas se houver alguma proposta futura internacional, quem sabe não podemos mudar?

5- Porque do nome “Cruzando Infernos” para este disco?

Jayme Danko: Representa toda a dificuldade que foi a reformulação da banda. Literalmente, cruzamos infernos pra fazer acontecer.

6- Dia 31/10 agora, será lançado o primeiro vídeo clipe deste disco, “Paranóia “. O que podemos esperar dos próximos vídeos?

Jayme Danko: O clipe está muito legal e os próximos virão na mesma pegada ou até maiores. Acredito que tudo na arte tem que ser orgânico. Se essa música fala sobre uma doença mental, nada melhor do que gravá-la dentro de um hospital psiquiátrico, como foi o caso.

Daniel Werneck: Nós procuramos passar a representação visual mais fiel possível ao sentido e a emoção das letras e trabalhar com o Billy da Zebra produtora. Foi crucial no processo pra conseguir mostrar tanto a banda como contar as histórias de cada música.

Siga a Cova Rasa:

@covarasa_oficial

Foto: Edu Firmo


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *